Iridologia

A íris é o espelho do corpo humano. Assim, tudo o que acontece no organismo é refletido nela. A coloração identificada na íris corresponde a uma disfunção específica do paciente. Vários são os exemplos:

Se o paciente estiver com elevado nível de estresse, na íris se formarão vários anéis coloridos. A quantidade de anéis na íris, indicará o grau de estresse do paciente. Já, se o paciente estiver desenvolvendo um câncer, um ponto de tom arroxado irá aparecer na área que corresponde ao local do corpo onde ele está se desenvolvendo. Se o paciente estiver com um desequilíbrio intestinal ou gastrite, uma coloração diferente será identificada na área do estômago.

A íris é uma excelente ferramenta para o terapeuta e para o iridólogo, que no dia a dia e com a prática terapêutica vai aperfeiçoando-se cada vez mais. O nível de conhecimento é tão elevado e rico de detalhes que o é encontrado na íris direita, não se vê na íris esquerda, e vice-versa. Por isso, é muito importante que o iridólogo avalie sempre as duas íris do paciente e acompanhe a evolução do tratamento.